A importância dos Trending Topics

jul 06

Pra quem não sabe, Trending Topics, ou TT, são os tópicos mais debatidos em um determinado momento, neste caso, no Twitter.

Para acompanhar, você pode utilizar a ferramenta de busca do Twitter, o Twitter Serach, o HashTags, a própria página do Twitter, e alguns clientes como TweetDeck possuem opções para visualizar as TT no próprio programa.

TT_Twitter

profile_TT_Twitter

O que isso tem a ver com o que?

Nos ultimos meses, uma busca incansável por parte das empresas para alcançar os Trending Topics tem acontecido.

O Twitter é o novo velho queridinho das mídias sociais e ficar em destaque nas Trending Topics significa que a marca da sua empresa está sendo divulgada de forma massiva no Twitterverso.

Mas isso é importante? Sim, grandes nomes da publicidade, jornalismo mundial, blogs de todos os portes e internautas curiosos olham diariamente nos Trending Topics pra saber o que está acontecendo e o porquê de determinado nome estar lá.

Não é raro entrar no Twitter e ver pessoas perguntando porque determinado assunto ou pessoa está nos Trending Topics, afinal, ninguém quer ficar por fora das tendências.

O Trending Topics é tão importante que define muito das notícias que você vai ver nas próximas horas, dias e até mesmo semanas na mídia tradicional e online… Alguns casos como a morte do Michael Jackson, o torneio de Wimbledon, a Copa das Confederações, e as famosas eleições do Irã, são uma  pequena amostra de casos de tendências que duraram semanas.

No dia 31 de junho a empresa MoonFruit começou uma campanha que prometia dar 10 MacBooks Pro de 13″ (recém lançados) aleatoriamente para quem colocasse a tag #moonfruit ao final de suas mensagens no Twitter.

A promoção tomou medidas descomunais e hoje, eles divulgaram que estão finalizando a promoção com 7 dias, ao invés de 10, devido ao grande impacto que houve no Twitter.

O #moonfruit foi parar nos Trending Topics durante alguns dias superando outros eventos de maior importância.

O Twitter retirou o #moonfruit dos Treding Topics e isto abre todo um precedente para discussão a respeito de qual será o limite para o marketing online utilizando o Twitter como ferramenta.


A própria MoonFruit propôs em um de seus textos que num futuro próximo, o Twitter explorasse as tendências comerciais e as tendências normais, dando uma abertura para Trending Topics específicos para empresas e os comuns, que é o que todos estão realmente debatendo sem a preocupação de ganhar um prêmio ou não, trazendo assim, a relevância de volta a palavra “tendência”.

A idéia é fantástica e vem acrescentar mais opções de monetização para o Twitter, que começa a amadurecer de forma incrível tornando-se uma ferramenta praticamente indispensável para quem quer se manter informado e acompanhar tendências.

Os Trending Topics, uma subferramenta do Twitter, mostra sua importância e dá as caras para as empresas que querem obter um retorno palpável de seu investimento.
Não vai demorar para aparecer empresas de publicidade garantindo lugar nos Trending Topics por uma quantia exorbitante.

Assim como já temos inúmeras empresas que oferecem um serviço personalizado para colocar seu site nas primeiras posições do Google, a maioria deles, picaretas que acham que sabem algum coisa, o Trending Topics segue o mesmo caminho.

Caso você se interesse por SEO, uma boa fonte brasileira é o MestreSEO, vale a pena conferir.

Espero os Trending Topics não acabem numa completa banalização de uma das melhores ferramentas para medir tendências hoje.

Leia mais

NBA troca McDonalds pela Taco Bell

jul 02

A NBA Troca o McDonald’s pela Taco Bell
A Liga Nacional de Basquete Americano assinou um contrato de 4 anos com a Taco Bell, que vai substituir o McDonald’s como uma das empresas patrocinadoras de fast-food.
A NBA provavelmente irá anunciar o acordo amanhã. A parceria de 4 anos inclui os direitos de divulgação no NBA All Star Saturday Night Skills Challenge (desafio de habilidade) assim como no Jam Session, eventos que fazem parte do famoso All Star Weekend, um dos eventos esportivos de maior prestígio na TV.
Além disso, a Taco Bell terá oportunidades de anunciar em parceiros que fazem parte da rede da NBA, ABC e ESPN são um exemplo.
Valendo a partir de agora, ela também terá participação na divulgação do Draft da NBA.
A Taco Bell gastou $253 milhões em propaganda em 2008 em $95 milhões até agora, de acordo com a Nilsen.
Com certeza uma ótima tacada da Taco Bell.

A Liga Nacional de Basquete Americano assinou um contrato de 4 anos com a Taco Bell, que vai substituir o McDonald’s como uma das empresas patrocinadoras de fast-food.

A NBA provavelmente irá anunciar o acordo amanhã. A parceria de 4 anos inclui os direitos de divulgação no NBA All Star Saturday Night Skills Challenge (desafio de habilidade) assim como no Jam Session, eventos que fazem parte do famoso All Star Weekend, um dos eventos esportivos de maior prestígio na TV.

Além disso, a Taco Bell terá oportunidades de anunciar em parceiros que fazem parte da rede da NBA, ABC e ESPN são um exemplo.

Valendo a partir de agora, ela também terá participação na divulgação do Draft da NBA.

A Taco Bell gastou $253 milhões em propaganda em 2008 em $95 milhões até agora, de acordo com a Nilsen.

Com certeza uma ótima tacada da Taco Bell.

Leia mais

60% dos Americanos trocariam a bebida pelo celular

jul 02

Em uma pesquisa, promovida pelo setor de dispositivos móveis da Best Buy, foi realizada para saber como os usuários interagem com dispositivos eletrônicos. Confira o resultado, alguns, bem curiosos rs…

  • 1 em 3 americanos disseram que eles desistiram da televisão para manter seu celular
  • 60% disse que desistiria de beber (bebida alcoólica) por uma semana!
  • Se pegassem  uma chuva, 37% desistiriam do aparelho para ter um guarda-chuva.
  • 15% prefere ter seu dente perfurado pela broca do dentista a desistir do celular por 1 semana.

“Fica claro que os Americanos são fanáticos por seus celulares e todas as vantagens que estes extraodinários aparelhos podem trazer.” diz Scott Morre, vice presidente de marketing da Best Buy Mobile.

É Sr. Moore, sem dúvida, imagino que aqui no Brasil o resultado seria ainda mais extremo já que muitas pessoas mimam o celular como seu fosse um membro da família rs..

Nessa matéria do Efetividade.net é possível ainda ver alguns extremos da utilização do celular, a matéria, carinhosamente chamada de Zumbis de Celular é muito pertinente.

Brincadeiras a parte, o celular passou a ter um papel fundamental na vida dos usuários (faz tempo) brasileiros e é muito mais que um simples gadget, é um meio de comunicação essencial já que muitos abrem mão até do telefone fixo para ficar com o celular.

E você, abriria mão do que para ficar com o seu celular?

Leia mais

Aprenda a utilizar o TweetDeck (video)

jun 30

Eu preparei pra vocês um tutorial sobre os recursos básicos do TweetDeck.

Muita gente fica confusa com a interface dele mas depois de assistir ao tutorial abaixo você vai dominar os recursos básicos do TweetDeck sem muita dificuldade.

Para usuários inexperientes eu recomendo assistir o primeiro video. Se você já utiliza bem o Twitter, passe direto para o video 2.

Leia mais

PirateBay é vendido por 7.8 milhões

jun 30

Hoje a empresa de software sueca Global Gaming Factory X AB anunciou que adquiriu o site The Pirate Bay por 60 milhões SEK o que é equivalente a 7.8 milhões de dólares.

A notícia foi imediatamente confirmada pelo The Pirate Bay. Embora o título do post deles esteja descrito como “TPB pode mudar de dono” a partir do texto fica bem óbvio que o site realmente foi vendido.

Espera um segundo, menos de 8 milhões de dólares por um dos top 100 sites do mundo? O TPB possui uma grande influência na internet (e fora dela) e a decisão do valor é, no mínimo, estranha.

Apesar da derrota na corte recentemente, o The Pirate Bay não dava sinais de que poderia ser vendido, ainda mais com a notícia de ontém da criação do Video Bay, o futuro concorrente do Youtube.

É possível que o  The Pirate Bay tenha sofrido o impacto da ação judicial que sofreu (e perdeu) e agora esta mirando uma vida nova com o Video Bay e começar pra valer um serviço decente de streaming de video sem restrições de Copyright.

Nos dias de hoje, faria muito sentido. Ainda não consegui a confirmação de que o Video Bay não foi vendido junto mas ao que tudo indica, não!

Os criadores do TPB deixam a seguinte mensagem:

“Os lucros provenientes da venda irá para uma fundação que vai ajudar com projetos sobre liberdade de expressão, a liberdade de informação e da abertura das redes. Espero que todo mundo ajude e perceba que esta é a melhor opção para todos. Não se preocupe – seja feliz!”

A falta de interesse na área financeira deixa muitos pontos de interrogação que, com certeza, serão respondidos com o tempo.

A notícia que parece assustadora e totalmente sem noção pode demonstrar uma grande maturidade dos donos do TPB.

No Press Release da Global Gaming Factory eles dizem que vão assumir o comando do site a partir de Agosto e que pensam em um novo modelo de negócios para o The Pirate Bay onde o provedor de conteúdo é pago pelos direitos autorais.

Através do Press Release o ADMIT também apurou que a empresa adquiriu o Peerialism AB, que seria responsável por uma tecnologia avançada de compartilhamento de midias na Internet, alguns mais otimistas chamam de “A próxima geração do P2P”

Uma questão tem sido levantada por vários usuários ao redor do mundo neste momento, e a questão é “E a minha privacidade?”

O que você acha?

Obs:Ótima jogada da GGF que até ontém, quase ninguém conhecia.

Fontes: Mashable e LinkNinja

Leia mais

Pirate Bay desenvolve concorrente do Youtube

jun 29

Os fundadores do The Pirate Bay são realmente destemidos. Nem mesmo uma sentença de um ano de prisão e uma multa de 3,5 milhões de dólares (eles ainda irão recorrer) foram capazes de fazer com que eles desistissem do site. Na verdade eles estão planejando lançar, em um futuro próximo, o The Video Bay, um site de vídeo no estilo do YouTube.

O The Video Bay ainda não tem data de lançamento, mas já é possível visitar a versão de testes, com quase nada funcionando, para se ter uma ideia do que esse povo está tramando. Na versão atual do site é possível somente assistir a um vídeo e mais nada.

Um dos grandes diferenciais desse futuro site em relação ao YouTube é que eles usará novos recursos disponíveis no HTML 5, como os códigos <audio> e <video> que permitem que o browser toque esses formatos de mídia sem a necessidade de nenhum outro add-on como o flash, por exemplo. Por causa disso o site só funcionará em browser mais recentes.

Não preciso nem dizer que as gravadoras e os estúdios de cinema já devem estar bem preocupados com a iniciativa, já que com certeza não haverá muito respeito a nenhum tipo de copyright no The Video Bay. É bom eles já começarem a organizar a papelada legal para outro processo, mas isso será inútil, pois aparentemente o The Pirate Bay não tem medo de cadeia ou multas.

Link: Pirate Bay’s YouTube Competitor is “Coming Soon” (Torrent Freak)

fonte: Esta notícia é um copy&paste descarado do FayerWayer, um ótimo site por sinal e o link para a matéria original você encontra aqui.


Leia mais

iPhone 3GS impulsiona videos no Youtube

jun 26

O Youtube comunicou que nos ultimos 6 meses os uploads a partir de celulares subiram 1700% . A partir do desde do lançamento do iPhone 3GS (com video) que foi lançado na última sexta, os uploads subiram 400% todos os dias!

O Youtube diz que este cenário foi desenvolvido a partir de 3 fatores.

. novos celulares com capacidade para filmar

. melhoras no processo de upload a partir do celular

. nova caracteristicas permitem que videos sejam facilmente compartilhados em redes sociais.

Leva somente um minuto para conectar uma conta do Youtube a contas do Facebook, Twiiter e Google reader. De forma completa e simples, uma única conexão em sua página de upload e seus seguidores ganham atualização em tempo real de seus uploads do Youtube.

Além disso, a comunidade do Youtube está fazendo inumeros tutoriais para ensinar como utilizar uma determinada tecnologia, fazendo avaliação de produtos e comparações entre outros.

Todos sabem o prejuízo que o Youtube ainda dá para Google, mas é fato que, o Youtube já é uma ferramenta que contribue de forma singular para a colaboração online.

Leia mais